Não encontrou o que procurava? Faça sua busca logo abaixo:

Draga inicia trabalhos no leito do Ribeirão Quilombo
Publicado em 26 de Abril de 2018 por Assessoria de Imprensa

 Esta semana tiveram início os trabalhos de dragagem, limpeza e desassoreamento do Ribeirão Quilombo, em Nova Odessa. A Prefeitura e a Coden (Companhia de Desenvolvimento de Nova Odessa) realizam os trabalhos no leito que percorre o município. A draga foi cedida pelo DAEE (Departamento Estadual de Águas e Energia Elétrica), a pedido do prefeito Benjamim Bill Vieira de Souza.

O trabalho de limpeza do leito e das margens está previsto para ser realizado em trechos que cortam o território novaodessense, englobando os bairros Jardim Fadel, Flórida, São Jorge e Vila Azenha. “É a intervenção necessária do plano de combate a enchentes nas áreas ribeirinhas. O equipamento também poderá ser usado depois em serviços de ampliação das reservas de água”, explica o prefeito Bill, que é presidente do Consórcio das Bacias dos Rios PCJ (Piracicaba, Capivari e Jundiaí).

O prefeito Bill acompanhou o início dos trabalhos com a draga esta semana, acompanhado do vereador Vagner Barilon, do secretário de Obras, Projetos e Planejamento Urbano, Tiago Lobo, do diretor presidente da Coden, Ricardo Ongaro, e outras autoridades e técnicos do município.

O objetivo é que a calha do ribeirão seja aprofundada em toda a extensão municipal. Além de ajudar a evitar pontos de alagamentos e tirar os lixos e dejetos que se acumulam ao longo do ano, o trabalho de desassoreamento auxilia no combate a mosquitos transmissores de doenças e ainda animais peçonhentos. A ideia é principalmente combater enchentes em bairros considerados como ‘áreas de risco’.

“É uma força-tarefa com o serviço de dragagem, que consiste na escavação ou remoção de solo ou rochas, e resíduos diversos do fundo de rios”, detalha Barilon. “Vai se estender por vários pontos do curso d'água do Ribeirão Quilombo, para evitar futuras enchentes, como já ocorreu em anos passados”, acrescenta.

Um operador contratado auxiliou no trabalho fornecendo treinamento para um servidor novaodessense, que continua no serviço. O município está custeando o operador e todas as despesas com o equipamento, como transporte, combustível e manutenção. Todo o serviço é realizado após a obtenção de autorizações da Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo).


AÇÕES – “Ao contrário do que muitos pensam, desassorear o Quilombo e até ampliar a largura das margens não são as únicas soluções para as enchentes. Ajudam muito, claro, mas não bastam”, pondera o prefeito Bill. Conforme o presidente do Consórcio PCJ frisa, o trabalho realizado envolve também o reforço do ‘cinturão verde’ no entorno do leito d’água, com plantios de árvores, e a construção de reservatórios.

O Ribeirão Quilombo nasce em Campinas e percorre também as cidades de Paulínia, Sumaré, Nova Odessa e Americana, onde deságua no Rio Piracicaba. São 50 quilômetros de extensão da nascente até a foz e a sub-bacia, que totaliza 396 quilômetros quadrados, engloba ainda o município de Hortolândia, sendo caracterizada por uma ocupação humana majoritariamente urbana.

Desde 2013 o prefeito Bill e o vereador Vagner Barilon desenvolvem, junto do IAC (Instituto Agronômico de Campinas), o Plano Municipal de Sustentabilidade Hídrica, que tem entre suas ações o combate às enchentes, o mapeamento e a recuperação de nascentes. “É um apoio técnico que tivemos do DAEE, do IAC, da Prefeitura e da Coden para implementar os trabalhos necessários”, completa Barilon.

Segundo destaca o prefeito Bill, a Administração Municipal tem realizado ações para a recuperação do Ribeirão Quilombo e busca a união regional de iniciativas para a recuperação do mesmo. “O importante é que estamos fazendo a nossa parte enquanto município e, através do Consórcio PCJ, contamos com a colaboração dos municípios vizinhos para salvar o Quilombo”, finaliza

INSTITUCIONAL
FALE CONOSCO

Rua Eduardo Leekning, 550, Jardim Bela Vista - Nova Odessa/SP
Horário de atendimento ao consumidor: de segunda a sexta-feira das 8:30h as 16:00h - (19) 3476-8500 | (19) 0800-7711195
MÍDIAS SOCIAIS
Facebook Twitter