Não encontrou o que procurava? Faça sua busca logo abaixo:

Obra beneficia estrada e córrego que abastece represas
Publicado em 01 de Fevereiro de 2018 por Assessoria de Imprensa + PMNO

 Atendendo ao pedido do prefeito Benjamim Bill Vieira de Souza, o Grupo São Lourenço instalou uma travessia composta por maciço de terra para conter detritos e areia, aumentando a vazão de um importante córrego afluente das represas do Sistema Lopes, um dos principais mananciais de abastecimento de Nova Odessa. A benfeitoria também dá mais segurança hídrica no local e reforça a estrada de terra de acesso aos bairros próximos.

O prefeito Bill visitou o local com o diretor-presidente da Coden (Companhia de Desenvolvimento de Nova Odessa), Ricardo Ongaro, e o diretor de Engenharia do grupo empresarial, Bruno Chohfi. O Grupo São Lourenço é responsável pela construção do Parque Industrial São Lourenço 2, com investimento total de R$ 480 milhões, para criar um complexo logístico e industrial de alto padrão, que visa ao atendimento de multinacionais, empresas de logística e indústrias.

Trata-se de um condomínio fechado feito entre as Rodovias Anhanguera e Arnaldo Júlio Mauerberg, concebido dentro de exigências de sustentabilidade. A primeira fase do empreendimento prevê 80.000 m² de área locável, além de prédio administrativo acoplado, com escritórios, salas de reuniões e refeitórios, tendo mais 2.750 m². E ainda pátio para manobra de carretas, de cerca de 30.000 mil m².

A travessia é composta por maciço de terra com duas linhas paralelas de aduelas, cada uma com três metros de largura por dois de altura. “São seis metros, para passar toda a água do córrego”, detalha Bruno Chohfi. Foi edificada também uma bacia de sedimentação. “Ficam retidos os detritos e a areia que vêm junto da água. Os compostos decantam e apenas a água flui pelo restante do córrego”, descreve.

Vazão - “Colocamos rachão na jusante e na montante do córrego, para segurar o aterro do maciço”, acrescenta o dirigente empresarial. Conforme o projeto, a travessia foi calculada para suportar vazão superior a 25 mil litros de água por segundo. Também houve a colocação de duas linhas de muro do tipo ‘gabião’, para segurar e preservar todo o local, principalmente durante a ocorrência de chuvas.

De acordo com o diretor de Engenharia do Grupo São Lourenço, esta é uma benfeitoria feita com uma engenharia de alta complexidade, para perdurar no município. “É uma obra de longo prazo, para deixar pro futuro”, completa Chohfi. Além disso, a estrutura instalada foi dimensionada para que a estrada suporte o tráfego pesado de veículos, dando mais segurança no trânsito de acesso local.

“Além de conter detritos, a barreira ajuda a evitar o assoreamento da represa e colabora na recarga do lençol freático”, defende Ricardo Ongaro, diretor-presidente da Coden, concessionária responsável pelos serviços de água e esgoto no município. Ele frisa ainda que a melhoria pode impedir a passagem de produtos químicos que eventualmente sejam derramados por caminhões tombados na Rodovia Anhanguera.

Presidente do Consórcio das Bacias dos Rios PCJ (Piracicaba, Capivari e Jundiaí), o Prefeito Bill ressalta a implantação da obra. “É uma melhoria importantíssima do ponto de vista hídrico para o município. O córrego estava assoreado e praticamente sem vazão, mas agora está fluindo muita água para as represas do Sistema Lopes”, destaca. “Assim ampliamos a oferta hídrica”, conclui.

INSTITUCIONAL
FALE CONOSCO

Rua Eduardo Leekning, 550, Jardim Bela Vista - Nova Odessa/SP
Horário de atendimento ao consumidor: de segunda a sexta-feira das 8:30h as 16:00h - (19) 3476-8500 | (19) 0800-7711195
MÍDIAS SOCIAIS
Facebook Twitter